Kigo Blog

O segredo de escrever boas descrições de propriedades para férias

Marketing para as propriedades para férias

writing great vacation rental copy

É sempre mais fácil articular o que torna fraca uma descrição de propriedades para férias. Localizar uma descrição que nunca poderá garantir a reserva é simples. Você pode distinguí-las por seus erros, falta de conexão, e farão com que você perca todo o interesse na propriedade. Por estas razões, nós vamos lhe dar algumas dicas sobre como escrever boas descrições para suas propriedades!

Então, antes de tudo, como você pode distinguir bons conteúdos dos medíocres? As melhores descrições e artigos baseiam-se nas palavras usadas para descrever a propriedade. Você não está interessado em comprar uma semana em uma casa, mas em comprar uma versão relaxada, mais feliz e bronzeada de você quando voltar. Uma boa descrição é aquela capaz de lhe vender o sonho.

A primeira lição é vender as vantagens, não os serviços. Você nunca vai tentar pessoas com histórias de metros quadrados e a distância do supermercado mais próximo. Tentamos destilar esta informação através dos anúncios. Listamos 4 passos simples para escrever artigos que podem impressionar seus clientes e converter essas visitas em reservas:

1. Persuasão emocional

A questão é vender a melhor versão da pessoa desejada. Use palavras emocionais como Liberdade e Fuga. Crie uma linha que seja tão interessante quanto vaga. Você já reparou que os artigos têm, frequentemente, um elemento de surpresa em seus títulos? “Você nunca vai adivinhar o que aconteceu aqui…” Eles atraem a sua curiosidade e contam com o fato de que você pode quase pensar que é exatamente o tipo de pessoa que poderia adivinhar.

Mantenha o tom vago e misterioso, mas venda a ideia de que a vida do leitor vai ser enriquecida se você continuar lendo. O gancho emocional é aquele que capta o interesse e constrói um desejo. Antes que o leitor leia seu texto, você nunca vai saber que quer passar 11 dias em seu apartamento parisiense. É da responsabilidade do autor do texto criar uma sensação de que este é o pequeno pedaço que faltava em sua vida atual.

2. Valor, Benefícios e Características

Uma vez que você abordou seus clientes, precisa convencê-los. Aqui é onde entram em jogo o custo e os benefícios. Então, agora, em vez de se manter vago e misterioso você deve ser descritivo e começar a usar alguns verbos.

Até chegar aos detalhes e as especificações. Esta é a área para os metros quadrados e as estatísticas médias de precipitações no verão. Você abordou seus clientes, agora precisa dar seguimento às palavras. Este é o lugar onde a clareza e eficiência entram em jogo.

Exemplo de descrição da propriedade

3. Call to action (chamada à ação)

Esta é a última peça do quebra-cabeça. O artigo mais bem-sucedido estimula uma chamada à ação. Agora, o leitor deve estar em uma posição onde ele foi persuadido por sua descrição que a reserva é a única coisa que ele precisa neste mundo. Apenas precisa direcioná-lo na direção certa. A magia de um bom texto vai desaparecer rapidamente, se o seu cliente vai ter que procurar um link ou copiar um endereço de e-mail em uma nova janela, interrompido pelo mundo real monótono e chato!

Você precisa de conteúdos disponíveis para orientá-los exatamente onde clicar com uma clara e direta chamada à ação. Poderia ser um simples Reserve já em um botão luminoso na parte inferior da página. As únicas coisas que você precisa se preocupar é que seja claro, visível, compreensível e diga exatamente o que você quer que seu visitante faça.

writing vacation rental copy
Exemplo de botão

Estes quatro passos irão ajudá-lo a criar textos que podem converter qualquer visitante do site. Ele pode ser usado para descrições de propriedades, e-mail marketing e mídias sociais. Esta é uma grande técnica de escrita criativa projetada para convencer as pessoas!